Ligue-se a nós

NOTÍCIAS

CORDÉLIA MAIS FORTE COM O APOIO DE NETO CARLETTO

Publicado

no

FRENTE AMPLA: Agora são 15 partidos e 208 candidatos a vereador.

O pré-candidato a prefeito de Eunápolis, Neto Carletto (PP), durante a Convenção fo Partido Progressista (PP) realizada na tarde da última sexta-feira, 11 de setembro, num espaço aberto, no centro de Eunápolis, promoveu  uma virada  histórica, que marcará para sempre a política eunapolitana, ao desistir da sua pré-candidatura para apoiar incondicionalmente a pré-candidata Cordélia Torres (DEM).

Com o gesto, Neto Caletto, uma jovem e promissora liderança, demonstra inesperada maturidade e mostra que quem ama Eunápolis e se preocupa com o seu futuro é capaz de postergar um projeto pessoal pelo sonho de toda uma população.

O evento reuniu a cúpula e os pré-candidatos do partido, a imprensa em massa e muitas figuras públicas.

A pré-candidata Cordélia Torres e o ex-prefeito de Eunápolis e ex-deputado Paulo Dapé, levaram junto o Deputado Federal Elmar Nascimento, uma poderoso aliado que irá beneficiar, em muito,  a cidade. Nascimento assume na próxima semana a presidência da Comissão Mista Orçamentária, no Congresso Nacional.

A atitude de Neto, a princípio inesperada, foi compreendida por todos. A maioria dos seus apoiadores sabem que ele é um jovem inteligente e  entendem que a  sua decisão de apoiar Cordélia cria uma forte coesão em benefício de Eunápolis e região, na qual todos sairão ganhando. 

O apoio do jovem Neto Carletto e seu grupo político traz para Cordélia mais um reforço no time de pré-candidatos a vereador, que passa a contar agora 208 pré-candidatos, a maior força de oposição já formada em Eunápolis.

Sendo assim, a cada dia Cordélia se fortalece mais e parece mais perto de promover as mudanças tão almejadas pela população para melhoria e crescimento de Eunápolis, cidade de importância estratégica no Extremo Sul da Bahia, ponto de referência para toda uma região.

No seu discurso, Cordélia agradece ao PP, a Neto Carleto e ao seu grupo por essa aliança. “Quem ganha com tudo isso é Eunápolis e região. Quero ser uma ponte entre o poder e o povo. O meu gabinete não será entre quatro paredes, será ouvindo o povo e suas necessidades.” Ela continua dizendo: “Quero ser uma ponte entre Eunápolis e o extremo-sul para que possamos dizer em tom bem alto: Eunápolis nasceu pra ser grande e agora é grande.”

As cartas estão sendo postas e o povo vai decidir pelo novo ou pela permanência de um poder retrógrado que vem destruindo a imagem e os sonhos dos eunapolitanos. 

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *