Ligue-se a nós

NOTÍCIAS

PORTO SEGURO: Transferência de mais de 1,5 milhão sai da Educação para a conta de Lúcio Pinto

Publicado

no

Explique aí, Pai!

A equipe de transição do prefeito eleito de Porto Seguro, Jânio Natal, comeca a abrir a explosiva caixa preta da atual gestão. 

Coisas sem precedentes estão saindo de lá. 

Entre elas o inexplicável repasse de mais de R$1,5 milhão da conta da Educação para o empresário Lúcio Pinto, primo do candidato a prefeito da aliança formada entre as familias Pinto e Oliveira e irmão do ex-prefeito afastado, Ubaldino Jr., responsável pelo acordo político mais espúrio já visto na terra de Cabral.

É um “imbroglio” dos grandes.

Entenda:

A Secretaria de Educação de Porto Seguro depositou no dia 27 de novembro de 2020, logo após as eleições municipais, R$ 1.588,781,60 ( um milhão quinhentos e oitenta e oito mil setecentos e oitenta um reais e sessenta centavos) na conta do ex-candidato a prefeito, por duas vezes, em Porto Seguro, Lucio Pinto; irmão do radialista e ex-prefeito afastado do município, Ubaldino Jr. e primo do candidato derrotado, Uldurico Jr.  

O pagamento, revelado pela equipe de transição do governo Jânio Natal, refere-se, segundo dados da 2a. Via do comprovante de Tansacão Bancária, extraído do Sistema de Informações do Serviço de Autoatendimento do Banco do Brasil, a um acordo de Execução Judicial.

O que mais chama a atenção é o alto valor desembolsado por uma Secretaria de Educação, com recursos do FUNDEB, verba destinada à manutenção das escolas, para uma pessoa física, com notório destaque político, logo após uma campanha política, onde a referida coligação, patrocinada pela prefeita Cláudia Oliveira e o ex-prefeito Ubaldino Jr., ambos envolvidos em graves acusações formuladas pelo Ministério Público Federal, derramaram fortunas com alistamento de cabos eleitorais e aliciamento de candidatos para derrubarem a candidatura vitoriosa da “Aliança do Bem”, Janio Natal e Paulinho Toa Toa.

É de conhecimento geral, o enorme patrimônio em terras da família Pinto, em todo o município de Porto Seguro. Boa parte delas tem objeções e entraves no setor de cadastro da prefeitura, criados pela administração Cláudia Oliveira, nos tempos em que Ubaldino foi seu algoz, e usava sua rádio para exercer ferrenha e feroz oposição à mesma.

 Comenta-se que o acordo político celebrado entre as duas famílias contemplava o desembaraço dessas pendências.

A equipe de transição do prefeito eleito, Jânio Natal, está esmiuçando

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *