Ligue-se a nós

NOTÍCIAS

Primeira prefeita de Eunápolis, Cordélia quebra um ciclo tirânico que durou 16 anos

Publicado

no

Primeira mulher a chegar ao comando do poder executivo de Eunápolis, Cordélia Torres tem 46 anos, fuas grafuações de nível superior e um plano de governo que promete fazer de Eunápolis uma cidade moderna, inclusiva e sustentável com o fortalecimento do agronegócio e do setor industrial.

Ela foi eleita com 51,40% dos votos válidos nas eleições deste domingo (15/11).

A democrata derrotou um império que vinha subjugando Eunápolis com mão de ferro, liderado pelo seu principal adversário, o prefeito Robério Oliveira (PSD), que usou de todos os artifícios para se manter no comando do município. 

Com a força do povo e o apoio daqueles que queriam uma Eunápolis livre e para todos, a democrata quebrou um jugo que não agradava a mais ninguém.

Cordélia contou com o importante apoio do prefeito de Salvador e presidente do DEM, ACM Neto,  do vereador Ramos Filho, de Neto Carletto, presidente do PP Jovem e de várias outras lideranças municipais.  

Cordélia foi eleita com 29.925 votos, 7.422 a mais que o segundo colocado, Robério Oliveira, em votação duplamente histórica, interrompendo um ciclo tirânico que já durava 16 anos.

“Faremos um governo para todos, onde “inclusão” será a palavra chave para construir uma cidade finalmente humana e sustentável”, afirmou.

*Conheça um pouco da  história de Cordélia (Déa) e o que ela pensa pra Eunápolis:

Sou Cordélia, filha de dona Gisélia Torres e José Lima, casada com Paulo Dapé e mãe de Marcos Fagner e Paulo Ernesto Filho. Venho de uma família de treze irmãos, onde o respeito, amor e dignidade sempre foram prioridades.

Minha formação acadêmica em Bacharelado em Direito e Administração de Empresas, me coloco como candidata a prefeita de Eunápolis.

Com uma proposta de um mandato voltado a buscar soluções para atender as necessidades e anseios do povo eunapolitano, em especial daqueles que trabalham por uma sociedade mais justa, digna, igualitária e praticante da democracia e da justiça social.

Assumo o compromisso de ser uma representante que trabalhará junto ao povo, com uma gestão humanizada, levantando a bandeira da integridade, moralidade e compromisso com um mandato voltado em assegurar com responsabilidade os gastos públicos, combater a corrupção e estar em busca dos direitos do cidadão.

Juntos, manteremos viva a esperança por uma nova política.

Sou Cordélia, filha de dona Gisélia Torres e José Lima, casada com Paulo Dapé e mãe de Marcos Fagner e Paulo Ernesto Filho. Venho de uma família de treze irmãos, onde o respeito, amor e dignidade sempre foram prioridades.

Minha formação acadêmica em Bacharelado em Direito e Administração de Empresas, me coloco como candidata a prefeita de Eunápolis.

Com uma proposta de um mandato voltado a buscar soluções para atender as necessidades e anseios do povo eunapolitano, em especial daqueles que trabalham por uma sociedade mais justa, digna, igualitária e praticante da democracia e da justiça social.

Assumo o compromisso de ser uma representante que trabalhará junto ao povo, com uma gestão humanizada, levantando a bandeira da integridade, moralidade e compromisso com um mandato voltado em assegurar com responsabilidade os gastos públicos, combater a corrupção e estar em busca dos direitos do cidadão.

Juntos, manteremos viva a esperança por uma nova política.

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *