Ligue-se a nós

NOTÍCIAS

PROJETO ESMOLA: Vereadores de Eunápolis obstruem projeto do prefeito que concede auxilio a contratados.

Publicado

no

Sete vereadores de Einápolis, no Extremo Sul da Bahia, obstruíram a realização de duas sessões extraordinárias que estavam marcadas para esta quinta-feira, 27. 

Eles se recusam a votar o projeto de Lei do Executivo, de número 05/2020, que prevê o pagamento de auxílio emergencial pecuniário no valor de R$ 600 reais, aos professores e demais profissionais contratados para a secretaria de Educação, por meio de processo seletivo, e que tiveram seus contratos suspensos em abril passado.

Alegando que o valor é baixo, esses vereadores denominaram o PL de ‘Projeto Esmola’ e avisaram que vão obstruir todas as sessões subsequentes a esta, até que o prefeito aumente o valor previsto no auxílio.

Para o vereador Jota Batista (PV), além de irregular o governo chega sempre atrasado. Ele destaca que “pagar R$ 600 reais a esta altura da pandemia, e sabendo que os contratados estão em situação irregular desde abril, é pouco, pois já são cinco meses de escolas fechadas”.

“Queremos conversar com o prefeito, é o mínimo que esta casa pode fazer pelos professores”, disse Arthur Dapé. “Me recuso a votar esta matéria do jeito que está.”

 Fonte:  CliC101

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *